sábado, julho 22, 2006

A COPA E A PROPAGANDA

Mais do que nunca este foi um dos maiores eventos esportivos dos últimos anos e primou antes de tudo pela excelência na sua organização.

A Copa da Alemanha foi grande em todos os sentidos, grande em sua tremenda capacidade de agregar nações e pela imensa penetração que o futebol demonstrou ter mesmo em países que tradicionalmente não figuram como praticantes deste esporte.

O fracasso do Brasil e outros favoritos nesta Copa foi algo que talvez já tivesse sido anunciado anteriormente quando a mídia especializada dizia que quem entrar de salto alto e contar com o já ganhou do favoritismo poderia quebrar a cara.Dito e feito.

Mas a Copa revelou também grandes fracassos em nossa criação publicitária mostrando talvez um dos piores espetáculos já vistos na televisão.

Filmes com péssima qualidade criativa e alguns também com produção sofrível, e olhe que não estou me referindo a comerciais de pequenos anunciantes.

Vamos tentar refrescar nossa memória relembrando alguns grandes patrocinadores e suas campanhas dirigidas?

Quem não se lembra daquele comercial da BRAHMA com o Ronaldo tentando acertar um ponto no espaço com chutes por cima do gol? sofrível
Me lembrou o mesmo Ronaldo nos treinos da Suiça tentando acertar chutes a gol e errando a maioria.

O filme da MASTERCARD com aqueles personagens dourados simulando uma partida de futebol entre eles? – qual foi a mensagem transmitida?

Os comerciais da VISA.

O horroroso filme da Golden Cross com o Parreira.

A campanha do Santander. – como diria o Avallone...”MEU DEUS!!”

Os filmes da SKOL tirando um sarrinho dos hermanos argentinos, engraçadinha, mas ordinária.

Aquele filme do Guaraná Antártica com o caminhão entrando em campo com Ronaldo e Kaká. – que coisa ruim demais.

Mas, por falar em Guaraná Antártica, acho que o melhor, mas o melhor mesmo, foi o comercial com o Maradona, muito bom, espírito vendedor, bom humor e muito bem dirigido, pena que filmes com cunho regionalista não sejam compreendidos pelo Júri de CANNES, este filme poderia ter sido um dos grandes vencedores.

Nossos criativos têm ânsia por coisas inusitadas e erram muito em apostar em campanhas exóticas, mas o briefing levado e interpretado pelo atendimento tem muito de culpa nestes fracassos e sem falar da capacidade do cliente em aprovar tanta porcaria e deixar a imagem de seus produtos irem pro lixo junto com estas campanhas.

Se você se lembrar de mais algum comercial horrível veiculado neste mês de Copa envie pelo e-mail e postarei aqui

Um comentário:

aliscia disse...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»