sexta-feira, julho 21, 2006

ATÉ QUANDO AGÊNCIAS???

Até quando as Agência de Propaganda brasileiras continuarão contratando profissionais inexperientes e baratos em detrimento daqueles que possuem know-how para alavancar novos negócios?

Reflexo deste retrocesso na propaganda brasileira que teve início no final dos anos 90 é o pobre resultado do últimos anos no desempenho do faturamento dos negócios relativos a propaganda, pobres resultados nas conquistas de prêmios internacionais e ainda um crescente congelamento das atividades de mídias e profissionais de atendimento ou seja, o mídia moderno deixou de ser um negociador em favor da agência buscando novas oportunidades de faturamento e se tornou um mero executor de planos de mídia previamente apresentados pelo cliente.

O atendimento mudou seu perfil de alavancador de novas oportunidades frente ao cliente para se tornar meramente um braço executor do marketing dentro das agências.

O perfil do profissional da propaganda em todas as áreas hoje em dia é formado por jovens recém saídos de clientes, com pouca experiência e gabarito para desenvolver campanhas vencedoras. Os salários foram achatados automaticamente e a qualidade da prestação de serviços caiu drasticamente.

Os "ANTIGOS" vamos chamar assim os veteranos e mais experientes tiveram que tomar rumos distintos dentro do mercado.

Alguns como eu abriram suas próprias agências anos atrás mas foram engolidos pelas gigantes e sua atuação esfomeada para enxugar o mercado e concentrar todo o poder nas multi globalizadas.

Outros partiram para novas atividades e muitos profissionais, mas muitos mesmo estão hoje em busca de novas alternativas e desempregados, trabalhando como consultores temporários para algumas empresas por migalhas para sobreviverem.

Li ontem um artigo na Revista Você sobre a reativação da contratação de profissionais experientes com mais de 45 anos e que estavam dando " sopa" no mercado, isto me animou a escrever esta pequena crônica e abrir este forum para ouvir sua opinião.

Me perdoe se você que esta lendo se encaixa no perfil dos recém contratados citados acima mas, a realidade é esta.

Tenho background e capacidade para falar com autoridade sobre o assunto pois meu currículo me qualifica para tal.

Afinal são mais de 25 anos de propaganda trabalhando sempre nas melhores e com os melhores e fazendo sempre o melhor.

Opine, xingue, bata na mesa ou aplauda e concorde mas..OPINE.

Abraços a todos e forum é forum, feito pra discutir e opinar.

George Geara

2 comentários:

LauraUtsch disse...

Eu até concordo em partes com vc...pois estou entrando no mercado agora..pra isso existe o estágio, mas e se vc,mesmo novo,tiver realmente nascido pra isso e virar um ótimo profissional?Todos precisam de chances e os veteranos se garantem, mas o problema é q a galera está aceitando,pra chegar onde quer essa baixa salarial. E é aí q os veteranos tem perdido lugar...

George Geara disse...

Olá Laura,

Em primeiro lugar quero agradecer seu comentário e desejar a você boas vindas ao nosso Blog.

Eu concordo plenamente com seu ponto de vista Laura, ressaltando ainda que sempre os novos devem ter suas chances potencializadas na entrada para o mercado de trabalho mas isto deve acontecer por competência do novato ou
estagiário e não por ele estar numa faixa salarial mais baixa e assim ser conveniente ao empregador.

Quanto aos veteranos perderem este espaço por conta da renovação isto é natural mas de uma forma que ele nunca seja descartado do processo mas sempre tendo sua experiência e contribuição reconhecida e aproveitada no desenvolvimento dos novos.